Cartões, cartõezinhos e carteiras gigantes

Há alguns anos, o Ricardo Araújo Pereira fez uma rábula sobre a cartonização da sociedade portuguesa, que podem relembrar aqui.

Hoje percebi que temos de ter uma cartonização a dobrar. Na minha super, mega carteira, tenho os meus cartões, os dos meus filhos, os da gasolina, dos supermercados, das lojas… enfim, tive que arranjar um dossier só para os vários cartões menos utilizados…

Gosto de fazer as compras de supermercado online pois não gosto de arrastar as minhas crianças pelos corredores infindáveis e cheios de tentações, durante horas. Normalmente, vou levantar as compras passado um ou dois dias e voltamos para casa.

Hoje, numa loja de uma famosa cadeia de hipermercados que começa por C e acaba em e, aconteceu-me uma coisa maravilhosa. Encontrei a única empregada zelosa de toda a cadeia. Foi ótimo. Apesar de ter o email da compra comigo, o cartão da dita cadeia, de o número de telemóvel associado ao cartão ser o meu – e sim, a senhora do serviço de cliente telefonou-me à frente da empregada zelosa – e de ter pago com o meu paypal que por acaso tem o meu nome, não me entregaram as compras, tendo eu passado ali um belo par de horas com um dos meus filhotes.

Conclusão, como o cartão está e sempre esteve em nome do meu marido e temos o grande e os pequeninos porque teoricamente este pode ser usado por toda a família, afinal não pode…

Compreendo as regras mas desconhecia-se. Quando faço a compra, não me recordo de ver escrito que tem de ser o próprio ou que tenho de levar uma certidão assinada pelo notário… O marido estava a trabalhar e como tal não atende telefones… E faz muito bem! E eu tenho uma vasta escolha para poder efetuar as minhas compras, sem ser ali.

Se podia tirar um cartão em meu nome, podia mas não era a mesma coisa. Cartões há muitos e felizmente hipermercados também! Quanto à senhora diligente, muito bem. Decerto dormiu descansada por ter feito o seu trabalho de forma ética! Humana, nem por isso mas de acordo com as regras, certamente.

P.S.-os outros funcionários foram muito simpáticos e agradeço-lhes por isso. Infelizmente, não eram eles que tinham os meus sacos de compras!0

 

Advertisements
%d bloggers like this: