Conquista a Lua

Fomos assistir à antestreia de Conquista a Lua, com o canal Panda. É um filme excelente para jovens inquisidores e curiosos. A história é completamente irrealista mas, como muitos dos sonhos infantis, revela-se uma ótima aventura para partilhar com amigos e família.

A minha personagem preferida foi a lagartixa e os seus gadgets. Era impossível não nos rirmos com ela. O dono dela era um puto delicioso que se sacrifica (não literalmente) pela equipa. Quem não quis ser um astronauta e pisar a lua, quando era pequeno?

Aqui fica a sinopse, retirada do jornal Público:

O multimilionário Richard Carson tem um projecto singular: apagar todos os vestígios da presença humana na Lua (durante a missão Apollo XI) de modo a poder explorar o hélio-3, a energia limpa do futuro, e colonizar o lugar como se lhe pertencesse. Mas o destino do satélite depende de Mike Goldwing, um ousado surfista de 12 anos, que está determinado a impedir que isso aconteça. Para tal, e com a ajuda da sua melhor amiga Amy e do seu inseparável camaleão, junta-se ao seu avô Frank Goldwing, um reformado rezingão que, em tempos, foi considerado um dos mais capacitados astronautas da NASA.
Com realização do espanhol Enrique Gato (“As Fantásticas Aventuras de Tad”), uma comédia de animação em 3D, na versão original, conta com as vozes de Dani Rovira, Michelle Jenner, Carme Calvell e Camilo García, entre outros.
Advertisements
%d bloggers like this: