Estados Unidos: o bom, o mau e o pior

Harriet Tubman, uma mulher negra, nascida escrava, libertadora de escravos e educadora de mentes, vai substituir um presidente defensor da escravatura nas notas de 20 dólares. Outras notas terão pessoas como Martin Luther King ou Eleanor Roosevelt na sua frente. Um passo à frente numa nação multicultural e onde a segregação racial custou tanto a tantos…

Depois o Utah torna-se o primeiro Estado norte-americano a declarar a pornografia um problema de saúde pública… Deve haver um excesso de tendinites por ali ou então têm muito tempo livre. Que tal oferecerem livros infantis às crianças para lhe ensinar que ler é muito melhor que outras coisas?

Por fim, Trump… Aqui será o caso de dizer que uma imagem vale mais que mil palavras (nada tem a ver com o parágrafo acima) – Pensei que só numa sociedade onde o Simpson vivesse, podia terminar com isto:

trump

Advertisements
%d bloggers like this: