O Homem de S. Petersburgo, de Ken Follett

Outro dos livros que nós trouxemos da feira do livro foi “O Homem de S. Petersburgo”, também de Ken Follet. Este livro era interessantíssimo, sem dúvida.

Refere-se aos tempos pré-guerra mundial, na altura em que a Inglaterra precisava desesperadamente de arranjar aliados para enfrentar os exércitos da Alemanha, a nação mais evoluída em termos militares dessa época, caso esta tentasse invadir a França numa guerra que estava a parecer inevitável com a passagem do tempo.

Então foi necessário que houvesse uma aliança Anglo-Russa, antes de os Alemães tentarem fazer o mesmo com eles. Essa aliança era necessária para colocar a Alemanha em duas frentes: Ocidental e Oriental, sendo assim mais fácil vencê-los.

Então o Czar da Rússia enviou o seu sobrinho, Príncipe Orlov, para negociar os termos de paz. Atrás dele foi um anarquista russo, que sabia que milhares de camponeses inocentes iriam ser mortos se ele não o travasse. Mas ninguém sabia que Orlov, sendo sobrinho também de uma velha amante do anarquista, estivesse na casa da família dela. Nem que estes velhos amantes se reconheceriam.

Este romance histórico, do incrível contador de histórias Ken Follet, baseado numa história real, tem um misto de aventura e amor, em cenários de guerra e de paz numa Europa mergulhada no ódio e é, sem dúvida, recomendado a todos os tipos de leitores.

Para toda a gente, um livro a não perder!

Advertisements
%d bloggers like this: