Uma Terra Chamada Liberdade de Ken Follett

Esta semana que passou, antes do milagre português, foi marcada pela feira do livro na nossa terra e terminou dia 3. Tinha livros magníficos, alguns quase novos, mas muito em conta. Um dos que comprámos foi mais um livro deste incrível escritor de thrilers, Ken Follett.Como já perceberam, eu gosto mesmo muito deste autor.

A história deste livro remonta à época da colonização, da escravatura, duma Inglaterra a entrar no apogeu comercial/marítimo, onde tudo e todos faziam os possíveis para enriquecer.

Esta começa na Escócia, numa mina em que existiam vários trabalhadores que faziam trabalho de escravo, que era mesmo obrigatório, isto é, passavam a ser propriedade dos seus patrões a partir do ano e um dia de trabalho.

Muitos tentavam ultrapassar esse problema fugindo, mas eram apanhados. Até que chegou um agitador.

Ele sai, coloca-se em Londres, onde percebe que essa é uma realidade não apenas nas minas, mas também em toda a Britânia.

Ele então fugiu para a América, onde voltou a ficar como propriedade dos donos, por muita sorte ou muito azar, porque voltou a ficar perto de alguém por quem sentia amor. Ou não…

Este fantástico thriller de Ken Follett promete, porque representa o que é bom, o amor, a busca pela felicidade, a liberdade!

Advertisements
%d bloggers like this: