VANYA E SONIA E MASHA E SPIKE

dsc_8725Uma mão cheia e mais um dedo de excelentes actores, um texto que tem tanto de cómico como de trágico e uma química natural nesta produção da Yellow Star Company são os ingredientes perfeitos para um serão maravilhoso.

No Teatro Armando Cortez poderá ver Helena Isabel, Heitor Lourenço, Mané Ribeiro, Marina Albuquerque, Mafalda Luís de Castro e João Mota desempenharem um papel magnífico. Vanya e Sónia e Masha e Spike é uma peça baseada em temas e personagens de Anton Chekhov mas que não necessita de conhecer para perceber a história.

A peça, escrita por Christopher Durang,  venceu o Tony Award de Melhor Peça, nadsc_8655 Broadway. Vanya e Sónia, dois irmãos a passar pela crise da meia-idade após terem passado a vida a tratar dos pais velhos e doentes, agora já falecidos, dependem da irmã Masha que é uma actriz também em crise da meia idade, com o seu muito mais novo namorado Spyke. Apesar de não estar no título, a empregada doméstica tem um papel crucial nesta comédia e é fantástico observar Marina Albuquerque nuns sapatos enormes, deslizando pelo palco, mostrando os seus dotes de vidente. Heitor Lourenço, Mané Ribeiro e Helena Isabel são os manos e a presença deles em palco é magnífica, a projeção de voz, a capacidade de deslumbrar e nos levar para aquela cidadezinha americana… E, por fim, Spyke (João Mota), um castiço com problemas em andar vestido… um digno representante cómico de uma geração big brother. Mafalda Luís de Castro é a menina inocente mas inteligente que se aproxima da família e cria laços.

Eu e o meu filho adolescente divertimo-nos muito, filosofámos bastante após a ida ao teatro e foi um momento que irá ficar para sempre.

Podem comprar os bilhetes na Ticket Line. A peça estará em cena entre 2 de fevereiro e 26 de março, de quinta a sábado às 21h30 e domingo às 18h00.

Os créditos da fotos pertencem a José Correia, fotógrafo da YSC.

Advertisements
%d bloggers like this: