A Filha Estrangeira de Najat El Hachmi – Divulgação

afilhaestrangeiraSaiu no dia 21 de abril, o segundo romance de Najat El Hachmi, uma espanhola de origem marroquina. Esta é uma das obras necessárias para compreendermos melhor os filhos de emigrantes, os seus dilemas e as suas dificuldades de adaptação num país que é deles mas, por vezes, não lhes pertence, um país onde nascem e crescem mas ao qual pertencem de forma quase invisível.

É neste dilema que a personagem principal tem de procurar responder a perguntas complicadas como:

  • A identidade escolhe-se?
  • Como definir este conflito de quem se encontra na fronteira entre dois mundos?

Um romance atual, importante e de necessária leitura por todos!

Sinopse:

Uma rapariga nascida em Marrocos e criada numa cidade interior da Catalunha aproxima-se da idade adulta. À rebeldia característica da juventude, ela terá de acrescentar um dilema: sair do seu mundo de emigrante ou permanecer nele.

Um romance íntimo e honesto sobre a transição para a idade adulta, escrito em forma de monólogo interior, repleto de observações, histórias e memórias da terra natal da narradora, uma jovem viva e inteligente, apaixonada pela literatura e pela filosofia, completamente diferente do mundo iletrado e tradicional da mãe.

Acessível, por vezes engraçado, mas sempre íntimo e repleto de observações e pensamentos pertinentes. Um livro que fica connosco.

Advertisements

One comment

  1. Já li “O último patriarca” e adorei! Tenho de ler esse 🙂

    Like

%d bloggers like this: