Dicas de Viagem para Adolescentes

E então, meus amigos, já estiveram naquelas viagens tão, mas tão aborrecidas que até dão vontade de dormir? Eu sei que sim, mas não podemos sucumbir à tentação (a não ser que vocês tenham tido party na noite passada, aí aconselho a um soninho agradável, em casa, no carro, ou então andarão por aí feitos drogados). O que fazer: aqui vão as minhas dicas.

Plano A: Este é o plano normal de adolescente, deve-se sempre levar um tablet, um telemóvel, um portátil, um MP4 ou um MP3, acrescentando power banks para se ir sobrevivendo ao longo do caminho. Mas esta não pode ser a resolução de tudo, ou pelo mesmo motivo que surge comigo – que é não ter metade dos gadgets da lista – ou então eles não poderem ir em viagens de família – pais chatos vão surgindo por aí, não é? – ou então simplesmente porque a bateria se esgota.

Plano B: Esta ideia surgiu-nos um dia, em que estava a haver uma grande discussão, durante uma viagem, que foi resolvida por uma placa. Sim, uma placa normal, das que acompanham a estrada. Vimos essa placa, usámos na discussão o seu conteúdo, e quanto melhor a publicidade mais divertido ela ficava. Quem não gostaria de tentar?

Plano C: Alegria! Podes pensar que estar com a família a divertir-te pode ser chato. Mas os teus pais têm muitos mais anos neste mundo que tu. Eles não terão imensas histórias para contar? Porque não os bombardeiam com perguntas? Ou então, quem não quer pintar as almas adormecidas no carro? Ou então que tal guiar os pais para uma aventura, dirigindo-os para o destino errado, com o consentimento deles, claro, e tentar encontrar a estrada a partir do ponto perdido no mapa?

Pois bem, meu amigos, só me deixa desejar-vos um Boa Viagem e espero que esteja repleta das maiores maluquices de sempre!

road-trip-1044982_1920

Advertisements
%d bloggers like this: