Dia triste, Dia do Gato

Esta é a publicação que não queria escrever. Passei o dia todo a pensar como escrever isto pois é muito díficil para mim falar sobre o que se passou. O nosso Faísca fugiu durante as nossas férias e apesar de o termos procurado, colocado cartazes e enviado emails a todos os veterinários da zona, ele ainda não apareceu.

Hoje é o dia do Gato e eu sinto muito a falta dele. Parece tão estranho mas quase que o ouço a arranhar as estantes e sinto a passear pela sala à procura de miminhos. Tenho esperança que, como é querido e mimoso, esteja em casa de alguém que cuide bem dele e que lhe dê o mimo que ele tanto gosta.

Procuro nas páginas de animais perdidos e cada vez que aparece um gato de pelo branco lá estou eu com esperança… Hoje é o dia do gato e fazes-me falta… Sempre tive gatos e todos morreram de velhice! Tinhas que ser diferente? O N. também sente a tua falta. Eras dele (um bom bocadinho meu) mas foste a prenda dos seus 4 anos. Vê lá se encontras o caminho para casa, ok?

 

Advertisements

3 comments

  1. Opá 😦 fé, vai aparecer! Pobrezinho 😦 beijinho apertado

    http://www.keke.pt

    Like

    1. Espero que sim 😦 – obrigada!

      Like

  2. […] sei se se lembram mas perdemos o Faísca no verão, no norte de Espanha. Falei disso algumas vezes e partilhei nas redes sociais, […]

    Like

%d bloggers like this: