Como escrever um livro?

Dedico este post para todos os que gostam de escrever… Todos os que sentem as palavras quando as colocam no papel – ou então, para os mais modernos, no Word – e que quando começam a escrever não conseguem voltar a parar. A todos os que têm tanto amor aos seus textos como à sua alma.

Para escrever um livro é necessário teres convicção, tens de ter em mente o que queres escrever. Mas, no entanto, nem sempre te surge a ideia, e aí realmente pode haver um problema grave. Atenção, eu chamo isto de problema grave, mas não tem uma solução muito difícil, basta ter um pouco de imaginação.

Passeia! Vê o verde dos parques, o azul do céu, as flores coloridas, mas também não te podes esquecer do branco das nuvens, o preto do alcatrão, os vários tons de cinzento da vida moderna, presente na monotonia do dia com a vida a ser como é atualmente. O ser humano está por toda a parte, mas também a beleza, e mesmo que não aprecies a decadência do mundo antigo, como foram mudados os campos, as florestas, a sociedade, até isso pode servir de inspiração.

Estuda! Estuda pela leitura sobre a matéria que vais escrever. Um exemplo de estudo é Ken Follett, que para escrever os seus livros dá voltas ao mundo. Descobre o sentido das palavras que terás de escrever. Investiga o que é que o teu livro precisa.

typewriter-801921_1920

Tu podes não conseguir dar a volta ao mundo, mas eu acredito que consegues explorar com a tua mente. Se não te surge nada não é motivo para pânico, pois isso pode ser passageiro e com um pouco de sorte e rapidez arranja-se tudo de modo a cumprir os objetivos.

Sente os pensamentos a fluir, crê no real e irreal, deixa tudo o que é sentimento ser descarregado pela caneta no papel.

Advertisements

One comment

  1. Bela dica para ter inspiração! Beijinho

    Like

%d bloggers like this: