Ken Follett – Uma Coluna de Fogo

1507661388282Dia 24 de setembro, veio cá o meu escritor favorito, Ken Follett, de modo a apresentar o novo livro, Uma Coluna de Fogo (um livro cuja opinião sairá ou nesta semana ou na semana a seguir), e posso dizer que este primeiro contacto que tive com ele foi bastante positivo, excedendo bastante as minhas expectativas.

E eu li o livro, já o tinha comprado uma semana antes e na apresentação do livro eu estava super animado enquanto estava já a mais de metade deste. Consegui entender quase automaticamente as referências que o autor mencionava em relação ao livro. O que dizer sobre este?

Bom, é o livro mais recente da saga de Kingsbridge, e sem dúvida fantástico como os anteriores (um dia terei mesmo de criar um post sobre a saga de Kingsbridge). O primeiro da saga, Os Pilares da Terra, situa-se na Idade Média, e fala sobre a construção da catedral de Kingsbridge; o segundo livro, Um Mundo Sem Fim, fala sobre o assentar da cidade ao longo de períodos conturbados na Idade Média, como a Guerra dos Cem Anos e a Peste Negra.

E este último, Uma Coluna de Fogo, retrata a história num dos mais difíceis períodos da história: a revolução protestante. O abalar do mundo devido à separação do Cristianismo, em relação ao catolicismo. Em menos de 100 anos as mudanças abalaram todo o mundo de uma maneira que nem se imaginava possível.

A história passa-se sobretudo em Inglaterra, onde nessa época, pela primeira vez na história, sob as ordens da Rainha Isabel I, se criaram os primeiros serviços secretos. Ken Follett explora isso de uma maneira surpreendentemente inteligente. Ele cria uma personagem, Ned Willard, e com ela molda um James Bond da época, em missões desde manipulação até prevenção de assassinatos.

E Kingsbridge continua a sua vida. Em Londres, a rainha aguenta-se no trono contra todas as adversidades, mantendo o protestantismo. Em França, as guerras do protestantismo vão devastando o país. Em Espanha, o reino faz tudo para provar o catolicismo inabalável. Por todo o mundo, tudo se vai mudando. Como conseguirá Ned vencer, manter o país com a tolerância religiosa que se verifica… E aguentar também o turbilhão dentro dele?

Neste fantástico romance Ken Follett junta tudo isto, todos estes acontecimentos, no mesmo romance… De Maria Tudor até ao rei Charles, com intriga, drama, romance, inteligência ao nível de quase podermos dizer que é mais policial do que a maior parte dos policiais de raiz. Este livro passou quase automaticamente para a minha lista dos livros preferidos. Exagero? O próprio autor viajou pelo mundo para poder mostrar com detalhe no livro como era a vida naquela época. E conseguiu. Mais uma vez, ele conseguiu…

ken-follett-on-a-column-of-fire.png

 

Advertisements
%d bloggers like this: