a viagem de chihiro

A Viagem de Chihiro

Este fim de semana que passou foi marcado por um filme que a RTP 2 decidiu voltar a recordar: A Viagem de Chihiro, considerado um dos melhores filmes de animação de todos os tempos, e considerado o melhor filme de animação japonês. Então, com muita nostalgia, revi um filme do qual não me lembrava sequer do nome, passados 6 anos da última vez que o vira.

A Viagem de Chihiro começa com a nova vida dela: mudança de escola para um novo lugar, mas a dada altura da viagem os pais perdem-se, indo dar a uma cidade que possivelmente iria dar à nova escola dela. Mas ao entrarem na cidade deparam-se com algo muito estranho: a cidade estava vazia. Quase vazia, aliás. Havia apenas um pormenor estranho. Ao pé de uma das bancas abandonadas encontrava-se uma bela refeição que parecia ter sido preparada para eles.

Mas eles atiram-se à comida com tanta avidez que são transformados em porcos pelo seu comportamento. Chihiro, que se tinha mantido fora da situação, conseguiu fugir mas acabou recolhida para uma casa de banhos dos deuses, onde foi obrigada a ajudar e a resolver os problemas. Será que ela consegue aguentar tempo suficiente para ter a sua família – e a sua vida – de volta?

Este filme é simplesmente fantástico, na minha opinião o melhor filme de animação japonês, pelo menos o meu preferido e aconselho vivamente a todas as crianças cujos pais ou irmãos estão a ler isto. Para o caso de se mostrarem relutantes, posso afirmar que os valores defendidos são muito importantes: conceito de família, de amizade, num filme cheio de magia e fantasia!

A Viagem de Chihiro

Espero que gostem, pessoas que neste momento foram agarradas por uma força invisível para assistir a ele!

 

Leave a comment

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *