Pelos vistos, nestes dias, eles caem que nem tordos, perdão, melros. E, hoje, à hora do almoço fui prendada com um pequenino no meio da estrada. Ainda com aquela penugem característica dos pássaros bebés mas já aos pulinhos. Infelizmente as árvores onde vivo são muito altas e nem com um escadote consegui chegar ao ninho (se eu soubesse onde ficava).

IMG_20180517_170303

Telefonei para o nosso veterinário, salvo seja, para o veterinário da Princesa Leia e do Faísca Perry Alho, que me aconselhou a levar a criatura para o Centro de Interpretação de Monsanto, que tem um pequeno espaço onde recebem animais silvestres e os reabilitam.

A verdade é que o nosso melrinho já não era o primeiro hoje… Por isso, cuidado! Parece que eles andam a cair das árvores que nem tordos. Recebemos um papel, semelhante a uma fatura e, às quartas, posso telefonar e saber como está o melrinho. Este já não comida de gato!

Podem igualmente contactar a Linha SOS Ambiente pelo 808 200 520. Já nos aconteceu cair um falcão jovem no nosso alpendre e vieram buscá-lo. Alguns meses depois, quando foi libertado, convidaram-nos a vê-lo partir. Foi uma cerimónia muito bonita!

Anúncios
Posted by:Silvia Reis

Former Higher Education Teacher, now working as a freelance translator and a full time mom...