Domingo foi um dia muito especial e, apesar de não poder partilhar este momento com o marido, ainda convalescente de uma infeção renal, fui com o filhote mais velho e alguns amigos visitar o novíssimo “Canto do Fado” na Mouraria.

Com um ambiente muito informal, o Canto do Fado surpreende pela familiariedade e qualidade. Ao chegarmos fomos logo atendidos e levados até à nossa mesa, num cantinho muito agradável. Esta tasquinha é a adaptação de uma das antigas casas do bairro e, assim, tem divisões pequenas, como antigamente. Há três salas, o canto da Maria, o canto do Beijo e nós ficámos na sala do fado. Para além disso, há o bar à entrada e uma pequeníssima esplanada à porta, perfeita para as noites de verão que se aproximam.

Nas imagens vêem os nossos amigos músicos, que tocaram no Festival DME.

Enquanto comíamos uns camarões maravilhosos e esperávamos pelo jantar, fomos sendo agraciados por uns magníficos fadistas. Destaco Maria Inês, que apesar de petit, é uma força da natureza. Como imaginam, a imagem está escura pois  fado canta-se no silêncio e na penumbra.

 

Para finalizar, o jantar magnífico confeccionado pelo Chef João, que fez com que todos se calassem e saboreassem aquele maravilhoso filete de atum braseado, acamado entre uma fatia de abacaxi e um ovo escalfado no ponto, servido com uma deliciosa juliana de legumes salteados e batatas assadas com ervas aromáticas. No fim, uma enigmática poncha para finalizar a refeição e saímos todos encantados com o festival de música e sabores.

img_20180617_231008_hdr1907524064.jpg

E assim terminou um dia maravilhoso!

Anúncios
Posted by:Silvia Reis

Former Higher Education Teacher, now working as a freelance translator and a full time mom...