Na Senda da Sustentabilidade – Correios

O papel e o uso correto do mesmo é talvez das mudanças mais fáceis de realizar. Irei falar de outras formas de poupar, reutilizar e reprocessar papel mas, para já, vamos focar-nos no papel dos correios. Há pequenas coisas que podemos fazer para que o uso do papel tenha um impacto menor nas nossas vidas e podemos, desde já, aderir à factura electrónica.

Escusado será dizer que as apps de supermercados substituem os folhetos que colocam nas caixas dos correios e que podemos negar. Basta ir à google play e procurar pelo vosso hipermercado/ supermercado preferido.

Em termos de banco, também alguns já funcionam bem com alguma comunicação por email, em vez da tradicional carta mas também poderão ir mais longe e terminar com o envio de determinada correspondência por correio normal.

Recusar todo o papel desnecessário através da colagem dos autocolantes amarelos na caixa do correio é uma boa iniciativa embora haja sempre um ou outro daltónico analfabeto que não percebe o significado do mesmo. Cabe-nos iluminá-lo!

O drama do Natal e dos postais! A verdade é que eu gosto de postais de Natal mas já não retribuo. Normalmente, telefono, envio mensagens e faço o tradicional postal electrónico da família para enviar… Não é a mesma coisa mas a pegada electrónica também não.

Mas ainda envio postais, de tempos em tempos, de aniversário ou só porque sim, a crianças e adultos que precisam de um miminho! Sempre achei os postais mágicos…

É igualmente necessário enviar encomendas e outras cartas e, para esse efeito, reutilizo pacotes e outros envelopes (à excepção dos mais pequenos). Outras caixas, envelopes que me enviaram, caixas de cereais, e com papel de rascunho ou, como na foto, folhas de leituras antigas, colo no envelope a morada certa e escondo tudo o que não é necessário.

O passo seguinte é comprar fita-cola mais ecológica, mas, para já termino as que tenho por casa.

E por aí por casa? Como delapidam o monstro do papel na caixa do correio?

 

Leave a Reply