Vamos Poupar em Março?

Março é aquele mês em que começamos a organizar as contas cá por casa. Depois do natal, parece que fica ali uma espécie de buraco negro financeiro, reforçado pelos saldos entre janeiro e fevereiro. Por isso, em Março é o nosso ano novo das poupanças.

Uma forma simples e muitíssimo bem organizada são as 52 semanas de poupança proposta pelas Dicas da Bá… Mesmo que só comecem agora ainda terão uma poupança significativa até ao fim do ano.

Para quem não conseguir este esquema, há o frasquinho dos trocos. Se todas as semanas forem colocando os trocos pela casa e pelas vossas carteiras e, no fim do ano, podem usar para um jantar ou uma prenda especial. Se tiverem, sempre muitos trocos, quem sabe uma viagem 🙂

Algo que nos ajuda é fazer o orçamento familiar e tentar poupar de acordo com o que precisamos. Todos os meses pomos de parte dinheiro para:

  • Seguros
  • Educação
  • Saúde + veterinário
  • Roupa
  • IMI + condomínio
  • Manutenção dos carros
  • Férias
  • Prendas

Organizo as contas que espero ter nesse ano e divido por 12 meses. No caso dos seguros, como vão batendo em meses diferentes, as contas foram feitas de modo a que os pagamentos sejam feitos sem sobrecarregar o orçamento mensal.

A partir daí, organizo as despesas mensais obrigatórias:

  • água
  • luz
  • telecomunicações
  • mensalidade da casa
  • gasolina
  • supermercado
  • mesadas
  • saídas
  • mensalidades das atividades
  • emergências
  • animais

Apenas o que sobra é que será colocado em poupança. Porém, essas mesmas poupanças têm sempre um objetivo: poupança para os filhos, poupança para um carro (os nossos estão a ficar velhinhos), poupança para a reforma (o relógio não pára), poupança para pagar a casa… Mesmo que seja pouquinho, sempre é melhor do que nada.

Um dos sites que mais gosto sobre Poupanças é o de Pedro Andersson: o Conta-Poupanças, cuja consulta pode ajudar a cortar nas gordurinhas e fazer ainda mais poupança.

Para a semana, vamos falar de como cortar nas gordurinhas e poupar mais ainda, mas sem stress, pois o dinheiro estica mas não tanto.

Leave a Reply