Dia do Enfermeiro

Dia do Enfermeiro (atrasado) – A Mamã é que sabe

Se há profissão que admiro é a de enfermeiro. É muito exigente, longas horas, trabalhos mais ou menos pesados, turnos e pessoas. Um dia do Enfermeiro fará sentido? Sim, se for para agradecer aquele enfermeiro especial que mudou a cor da permanência do hospital.

Eu sou das sortudas. Estive três vezes hospitalizada entre três a quatro dias, por causa dos partos. Não são momentos que recorde muito bem. Sempre me senti como uma leoa ferida a lamber as crias e as feridas, durante esse tempo. De tempos a tempos, havia uma alma caridosa que se lembrava da minha/nossa existência e falava connosco.

Depois, partilhei um cadeirão durante 5 dias por duas vezes, enquanto dois dos filhotes ficaram internados com problemas respiratórios. Também aí, eram esses enfermeiros que nos ajudavam a estar ali sem desesperar. Uma palavra amiga no momento certo, fizeram a diferença.

E depois há aquelas enfermeiras que se tornam lenda viva. Como a do parto número dois que olhou para mim e achou que eu ainda estava fresca que nem uma alface. Só que depois, ficou em pânico ao ver que já estava com a dilatação completa… Nem todas as parturientes são iguais!

A verdade é que os enfermeiros são, para mim, o esqueleto e a pele de um hospital. Sustentam aquele grande edifício enquanto protegem os pacientes. Podem sempre argumentar que há maus profissionais. Há, como em qualquer profissão. A verdade é que trabalhar aqueles horários, muitas vezes com ordenados que não são assim tão elevados, não torna a vida mais fácil.

Turnos da noite, fins de semana, pessoas doentes, outros profissionais de saúde descontentes e, por vezes, pouco simpáticos… é um conjunto complicado de gerir. Para além da desorganização de um hospital, que torna o trabalho ainda mais complicado.

Depois há os enfermeiros que partem em busca de um emprego mais seguro e que deixam saudades, como a Ana.

Vejam a sua entrevista no Youtube!

Leiam este artigo sobre os Enfermeiros no IPO, que saiu no DN. Da próxima vez que estiverem com um enfermeiro, sorriam e agradeçam! Quem sabe se não o voltarão a ver num daqueles dias horríveis em que precisamos que nos sorriam de volta! Feliz Dia do Enfermeiro (atrasado)!

A imagem é da Martisses, a quem pedi autorização para usar, no ano passado, mas acabei por não conseguir escrever na altura 🙁

Leave a Reply