Viajar de avião com crianças

Como Sobreviver a Viagens de Avião com Crianças

Estamos a chegar à altura de preparar tudo para as férias. Fazer viagens de avião com uma criança ou um bebé é um desafio. No entanto, com um pouco de preparação todos podem sobreviver à viagem. Nós gostamos de viajar para todo o lado e já lá vão quase 17 anos de experiência.

Manual de Sobrevivência

Antes de mais, verifiquem junto de cada companhia aérea o que podem levar para as crianças. Malas, cadeirinhas e outras peças dependem de companhia para companhia e convém saber tudo bem para não sofrer desgostos na hora de partir. De qualquer modo, toalhetes são sempre o melhor amigo na maioria das situações

Brinquedos são um must. Depende sempre muito da idade e dos gostos, mas saquinhos com brinquedos leves, um caderninho e pequenos lápis fazem milagres. Podemos desenhar estradas, cidades, casas e com pequenas figuras e carros ter as maiores aventuras de sempre.

A roupa deve ser confortável e em camadas. Evitem levar cintos ou sapatos desconfortáveis e difíceis de calçar, por causa da segurança nos aeroportos. Um casaco mais quente e sempre à mão é muito importante. Pode evitar constipações e faringites durante as férias. Palavra de Mãe!

Não esquecer comida e bebida para a viagem. Uma garrafa em aço inoxidável será útil toda a viagem e é uma boa aposta. De resto, convém levar comida que a criança goste e que a mantenha satisfeita. Viajámos frequentemente com papas e boiões que sabíamos que os filhotes gostavam. Isso ajudou-no muito a manter a sanidade mental.

Viajar de noite em voos longos e de dia em voos curtos. As noites nunca são totalmente sossegadas mas as crianças tendem a dormir bem. No nosso caso, sempre fomos os colchões dos nossos filhos. Nos voos curtos, duas ou três horas, mantém-se felizes sem grandes problemas. Seja qual a hora do voo, manter os horários habituais, quer em termos de descanso ou de alimentação ajuda a evitar males maiores

A preparação para a descolagem deve ser feita de forma serena. A primeira vez pode ser desconcertante. Algumas crianças sofrem com a mudança de pressão. Alguns truques são dar de mamar à criança na hora da descolagem (peito ou biberão), dar um chupa-chupa ou rebuçado aos mais velhos ou uma pastilha elástica aos mais crescidos. Isto evita alguns incómodos!

Em geral, ajuda descansar quando eles descansam, comer quando comem e conversar, brincar com eles quando estão acordados. Nunca tivemos grandes problemas nos voos e, em geral, portaram-se muito bem. Melhor até que a própria mãe que entra em pânico quando voa!

Viagens de avião não devem ser uma dor de cabeça. Basta um pouco de organização, preparação e muita imaginação. Boa viagem!

Leave a Reply