Yes! Desconfinamos com cuidadinho

cuidadinho

Dia 5 será recordado como uma abertura de portas, meias a medo, e com cuidadinho. Pelo caminho, espero que não fique o bom senso fora de portas e que, como com a ajuda de uma esponja mágica, as pessoas se esqueçam que estar fechado em casa é uma seca.

E assim começou o dia! Antes das 9.00, já só estávamos as duas em casa e ela ainda dormia… Isso significou… Dança, claro! Sabem que tentar dançar em casa, sem que os nossos filhos desatem a rir é um enorme desafio. A manhã começou perfeita.

Tal como eu, milhares de pais em Portugal ficaram contentes por ver os filhos regressarem à escola. Não foi só o facto de poderem dançar como quisessem, mas principalmente porque sabemos que faz falta aos filhos o estarem na escola, aprenderem e socializarem.

Esta pandemia está a comprovar que talvez as novas tecnologias não sejam as melhores amigas da aprendizagem. Pelo menos, não serão as suficientes. As crianças precisam de mais para florescer.

O que me assusta, para além do vírus do qual já estou um pouco cansada, é ver as pessoas a desconfinar sem cuidadinhos. O amontoar sem máscara, o não se preocuparem consigo e com o próximo faz-me refletir sobre o futuro.

Será que teremos que continuar neste entra e sai de confinamento? Foram dois meses e meio muito duros para todos e a vários níveis. No futuro, seremos confrontados com outro tipo de doenças devido ao baixo nível de atividade física? E em termos de saúde mental, qual será o resultado desta solidão?

Quero que se possa regressar a hábitos anteriores, como o poder estar numa esplanada, ir fazer compras ou poder ir ver a tia-avó que ainda não viu a bebé… Quero tudo isso! Quero tudo isso, mantendo os novos hábitos, com máscara, alcóol gel e tudo a que o vírus tem direito.

Quero, acima de tudo, não ter que confinar novamente porque os índices de transmissão aumentaram. Com isto, já lá vai mais de um ano de Corona, sem sinal de uma mudança radical… Podem ir ver vendo o ponto de situação no site oficial do SNS.

Vamos todos fazer mais um pequeno esforço? Em breve, estaremos vacinados e poderemos estar um bocadinho mais à vontade! Por isso, desconfinemos com cuidadinho e dancem muito!

Qual a vossa opinião?

%d bloggers like this: